Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

ESPORTE

Inscrições para seleção de Pontos de Esporte e Lazer terminam na sexta-feira

Publicados

em

As organizações da sociedade civil que desenvolvem atividades esportivas continuadas de interesse social e coletivo têm até a próxima sexta-feira (07.08) para se inscrever no edital Pontos de Esporte e Lazer.

Com o objetivo de apoiar iniciativas que ajudam a efetivar o direito ao esporte e ao lazer, principalmente em comunidades e populações mais vulneráveis, a seleção pública vai contemplar 25 organizações com prêmios de R$ 15 mil para cada uma. O valor será disponibilizado em parcela única às instituições selecionadas.

Tanto as organizações que possuem espaço fixo para o desenvolvimento de suas atividades quanto as que não têm local predeterminado podem concorrer no edital. A principal exigência é que desenvolvam as práticas desportivas em suas comunidades há pelo menos três anos.

Para participar do processo de seleção, a organização deve preencher o formulário de inscrição informando principais ações realizadas, público beneficiado, estrutura física disponível para atividades, dentre outros esclarecimentos. Também é solicitada a apresentação de um plano de trabalho com descrição de objetivos, metodologia, equipe técnica  e prazo para a execução das atividades.

Leia Também:  ALMT adquire direitos patrimoniais da obra "Rondon, o Desbravador"

O edital com relação de requisitos e o anexos contendo formulário de inscrição,  modelos de plano de trabalho e declarações necessárias estão disponíveis em www.esportes.mt.gov.br/editais.

Áreas temáticas, regionalização e inclusão

O conceito é que os Pontos de Esporte e Lazer funcionem como um instrumento de articulação de ações e projetos já existentes nas comunidades, envolvendo áreas temáticas como: Esporte e Meio ambiente, Esporte Populares e Tradicionais, Esporte e Coletividade Esporte Inter-racial, Esportes indígenas, Esporte e infância e Esporte de Inclusão.

Para garantir a descentralização dos recursos e a redução das desigualdades regionais, o edital prevê que 60% dos projetos selecionados sejam de municípios do interior do Estado. Os outros 40% serão distribuídos entre os municípios da Região do Vale do Rio Cuiabá (Cuiabá, Várzea Grande, Nossa Senhora do Livramento e Santo Antônio de Leverger).

A seleção ainda buscará contemplar pelo menos uma organização que atue em projetos de práticas desportivas para Pessoas com Deficiência (PCD).

“Há muitos projetos sociais esportivos que podem receber esse fomento do governo estadual.  Há excelentes iniciativas acontecendo por Mato Grosso e, que agora, podem receber esse prêmio financeiro para continuar a levar cidadadania à população. Escolinhas de esporte que desenvolvem atividades no contraturno escolar e tantos outros projetos que ajudam na inclusão e na redução de riscos sociais por meio de práticas esportivas, por exemplo. “, ressalta o secretário adjunto de Esporte e Lazer da Secel, Jefferson Carvalho Neves.

Leia Também:  Patrulha Maria da Penha será lançada em Cuiabá na quinta-feira
Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ARTE & CULTURA

Museu de Arte Sacra de Mato Grosso participa de evento nacional Primavera dos Museus

Publicados

em

Mais uma vez, o Museu de Arte Sacra de Mato Grosso (MAS-MT) faz parte da programação nacional da “Primavera dos Museus”, promovida pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram). Em sua 14ª edição, o evento reúne atividades virtuais de diversas instituições do país com o tema “Mundo Digital: Museus em Transformação”.

“O Ibram propôs um tema oportuno que nos deu a oportunidade de debater o processo pelo qual estamos passando, o desafio de prestar serviço exclusivamente virtual, neste período em que as atividades presenciais estão suspensas. O tema oportuniza um momento de prestação de contas para a sociedade e ainda possibilita uma auto-reflexão sobre esse isso, que foi um dos desafios mais intensos que já tivemos”, avalia Viviene Lozzi, diretora e presidente da OSC que faz a gestão compartilhada do MAS-MT.

As atividades do equipamento da Secel programadas no evento nacional incluem o lançamento experimental da exposição Virtual 360° do museu, no domingo (27.09). Com transmissões pelas redes sociais do Museu de Arte Sacra, o restante da programação conta ainda com encontro de representantes de museus de Mato Grosso, cine-debate e curso. Confira.

Quarta-feira (23.09): Encontro de gestores e representantes de museus e aparelhos culturais de Mato Grosso

Leia Também:  PlayStation 5 folheado a ouro começa a ser vendido nesta quinta-feira

Com o objetivo de avaliar o processo e as estratégias remotas de educação patrimonial em meio à pandemia, o encontro reunirá representantes de aparelhos culturais por meio de um aplicativo de reuniões e transmitido a todos os interessados.

O debate terá a participação dos coordenadores do Museu de Imagem e Som de Cuiabá e do Sesc Mato Grosso, Cristóvão Luiz Gonçalves e Angélica de Almeida, respectivamente. Waldineia Almeida, da Biblioteca Pública Estadual Estevão de Mendonça, e Silvana Cordova, do Cine Teatro Cuiabá, representam os equipamentos sob gestão da Secel e também vão compartilhar suas estratégias.

Quinta-feira (24.09): Cine-debate “potencialidades da mediação digital”

Apresentação do curta experimental “Espaço entre: Anamorfose, Video Mapping e Fabricação Digital” e debate sobre as potencialidades da mediação digital como ator ativo na construção da memória coletiva da população.

Participam do debate o arquiteto Gilfranco Alves, professor da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) e o ator Douglas Peron, Mestre em Estudos de Cultura Contemporânea da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

Sábado (26.09): curso de Educação Patrimonial

Das 8h às 12h e das 14 às 18h, haverá a transmissão ao vivo das disciplinas Referências Culturais e Inventários Participativos I e II, que compõem o curso de Educação Patrimonial e Novas Tecnologias de Informação.

Leia Também:  Recursos da Lei Aldir Blanc começam a chegar aos municípios mato-grossenses

O curso de 60 horas está sendo realizado pelo MAS-MT com vagas limitadas. Neste dia, os participantes que preencherem o cadastro terão direito a certificação de 8 horas.

As disciplinas são ministradas pelas arquitetas Maria Bárbara Thame Guimarães e Ana Vittori Frigeri, ambas vinculadas a núcleos de estudo da UFMT e co-autoras do projeto independente de educação patrimonial Atlas Cuiabano.

Primavera dos Museus

O evento é uma ação do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) e, neste ano, tem o tema Mundo Digital: Museus em Transformação.  O tema surgiu a partir da necessidade de adequação que museus e instituições culturais enfrentaram para manter o contato com o público por meio do ambiente digital depois do isolamento social imposto pela pandemia.

Nessa 14ª edição, a temporada de atividades acontece entre os dias 21 e 27 de setembro. Durante toda a semana, 520 museus realizarão mais de 1,3 mil atividades envolvendo palestras, visitas virtuais mediadas, exibições de filmes, contações de histórias, exposições, shows musicais e rodas de conversa.

O guia com a programação completa está disponível na página museus.gov.br (link AQUI).

Fonte: GCOM-MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA