Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

SOLIDARIEDADE

Iniciativa distribui livros e cestas básicas para trabalhadores da cultura

Em parceria com artistas, escritores e editoras, Biblioteca Pública Estadual Estevão de Mendonça realiza ação para ajudar classe artística na pandemia

Publicados

em

Cida Rodrigues | A leitura é uma forma de alimentar a alma. Principalmente neste período de distanciamento social provocado pela pandemia da Covid-19, o livro é capaz de propiciar companhia e acolhimento aos leitores. Foi pensando nisso que a Biblioteca Pública Estadual Estevão de Mendonça (BPEEM) adiantou o início do projeto “Alimentos da Alma” para distribuir kits de livros de vários autores mato-grossenses aos trabalhadores da cultura.

Em parceria com os Amigos da Biblioteca, artistas, escritores e editoras, o equipamento cultural da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel) fez a entrega de 100 kits de livros acompanhados de cestas básicas de alimentos. A ação teve o objetivo de ajudar a classe artística, em especial a da capital, impedida de exercer suas atividades devido ao fechamento de espaços culturais e a suspensão de eventos.

Para a coordenadora do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de Mato Grosso, Waldineia Almeida, a ação conjunta ressalta o papel social das bibliotecas que sempre foram ponto de apoio em outras catástrofes da história da humanidade.

Leia Também:  Fotógrafos levam exposição inspirada em festas religiosas para “dentro da casa”

“Mesmo sem poder atender o público, a biblioteca continua tendo um papel responsabilidade social. Com a literatura, alimentamos a alma, mas nesse momento tão difícil para os trabalhadores da cultura, a ação incluiu os alimentos para o sustento do corpo. Para isso, foi muito importante a união e o apoio de quem tem um pouco mais para ajudar os artistas que estão em condição mais vulnerável”.

Ainda de acordo com Waldineia Almeida, a entrega dos 100 kits de livros e alimentos teve o apoio fundamental da professora e escritora Marília Beatriz de Figueiredo Leite, que também é ocupante de uma cadeira na Academia Mato-Grossense de Letras (AML). “Ela quem fez os contatos com o pessoal que poderia ajudar, foi uma anja para o projeto”, agradece a coordenadora.

A entrega – que foi feita na quarta-feira (25.06) com a participação de servidores, estagiários e voluntários – seguiu  as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e do Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas (SNBP) para a higienização e tratamento dos livros

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ARTE & CULTURA

Inscrições para seleção de Pontos de Esporte e Lazer terminam na sexta-feira

Publicados

em

As organizações da sociedade civil que desenvolvem atividades esportivas continuadas de interesse social e coletivo têm até a próxima sexta-feira (07.08) para se inscrever no edital Pontos de Esporte e Lazer.

Com o objetivo de apoiar iniciativas que ajudam a efetivar o direito ao esporte e ao lazer, principalmente em comunidades e populações mais vulneráveis, a seleção pública vai contemplar 25 organizações com prêmios de R$ 15 mil para cada uma. O valor será disponibilizado em parcela única às instituições selecionadas.

Tanto as organizações que possuem espaço fixo para o desenvolvimento de suas atividades quanto as que não têm local predeterminado podem concorrer no edital. A principal exigência é que desenvolvam as práticas desportivas em suas comunidades há pelo menos três anos.

Para participar do processo de seleção, a organização deve preencher o formulário de inscrição informando principais ações realizadas, público beneficiado, estrutura física disponível para atividades, dentre outros esclarecimentos. Também é solicitada a apresentação de um plano de trabalho com descrição de objetivos, metodologia, equipe técnica  e prazo para a execução das atividades.

Leia Também:  Secel vai pagar Festival Cultura em Casa e implementar Lei de Emergência Cultural

O edital com relação de requisitos e o anexos contendo formulário de inscrição,  modelos de plano de trabalho e declarações necessárias estão disponíveis em www.esportes.mt.gov.br/editais.

Áreas temáticas, regionalização e inclusão

O conceito é que os Pontos de Esporte e Lazer funcionem como um instrumento de articulação de ações e projetos já existentes nas comunidades, envolvendo áreas temáticas como: Esporte e Meio ambiente, Esporte Populares e Tradicionais, Esporte e Coletividade Esporte Inter-racial, Esportes indígenas, Esporte e infância e Esporte de Inclusão.

Para garantir a descentralização dos recursos e a redução das desigualdades regionais, o edital prevê que 60% dos projetos selecionados sejam de municípios do interior do Estado. Os outros 40% serão distribuídos entre os municípios da Região do Vale do Rio Cuiabá (Cuiabá, Várzea Grande, Nossa Senhora do Livramento e Santo Antônio de Leverger).

A seleção ainda buscará contemplar pelo menos uma organização que atue em projetos de práticas desportivas para Pessoas com Deficiência (PCD).

“Há muitos projetos sociais esportivos que podem receber esse fomento do governo estadual.  Há excelentes iniciativas acontecendo por Mato Grosso e, que agora, podem receber esse prêmio financeiro para continuar a levar cidadadania à população. Escolinhas de esporte que desenvolvem atividades no contraturno escolar e tantos outros projetos que ajudam na inclusão e na redução de riscos sociais por meio de práticas esportivas, por exemplo. “, ressalta o secretário adjunto de Esporte e Lazer da Secel, Jefferson Carvalho Neves.

Leia Também:  Estado doa cestas básicas e cobertores para famílias carentes de Cuiabá
Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA