Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

EM CUIABÁ

Festival de Nhoque trará sabores inovadores com segredos da gastronomia italiana

Publicados

em

A legítima culinária italiana vai abalar os paladares dos aficionados pelo tenro sabor da terra do “mamma mia”, a novidade é o Festival de Nhoque que incrementa o cardápio do restaurante Serafina Cuiabá, nesta próxima sexta-feira, 29, no almoço e jantar.

A proposta é tentadora, serão servidos quatro opções de Nhoque; com massas a base de batata, mandioquinha, espinafre e beterraba, para cada uma dessas opções, os molhos suculentos, com muito queijo e especiarias serão de pomodoro, bolonhesa, branco e camarão.

A estação de Nhoque ficará a vista do público, o que permite ver a abundancia e a beleza deste genuíno e aclamado prato italiano, servido a R$ 59,90 por pessoa. O Nhoque do Serafina é autoral, receita exclusiva empregada em todas as unidades espalhadas no mundo, de Tóquio aos Estados Unidos este prato é consagrado, segundo Ronaldo Poiatti, gestor do Serafina no Centro-Oeste, existe um motivo especial que torna o Nhoque da casa o favorito do mundo, um dos segredos revelados é a farinha.

“O Nhoque para conquistar verdadeiramente precisa ser leve, e nisso somos especialistas a quase três décadas, nossa farinha é importada da Itália, e ainda é bem seleta, passa por uma rigorosa seleção do melhor trigo italiano, e ainda passa por um processo de moagem lenta que conserva melhor as características naturais da matéria-prima, beneficiando o resultado final, que é uma farinha sem nenhuma adição química, com sabor diferenciado e de altíssima qualidade”, explica Poiatti.

Leia Também:  Projeto exige vagas de estágio para pessoas com deficiência em empresas públicas

O Festival ainda é carregado de tradições, na data escolhida não é mero acaso, reza a lenda que comer Nhoque todo dia 29 de cada mês trás sorte e abundância, por isso o “Gnocchi della Fortuna”, da casa é servido nas unidades dos Estados Unidos, Tóquio, Moscou, Dubai, Coreia, Mumbai, e outros Serafinas, espalhados pelo Brasil.

O empresário Amir Maluf, um dos representantes da marca Serafina no Brasil, defende que os pratos mais aclamados da casa no mundo afora também estão em Cuiabá.

“Temos o compromisso de manter o Serafina como o mais respeitado restaurante italiano do Centro-Oeste, oportunizando o acesso aos mato-grossenses ao que tem de melhor no roteiro gastronômico mundial”, define Maluf. Para não ficar de fora do Festival de Nhoque é ideal fazer a reserva o quanto antes.

Tradição.

A lenda do Nhoque da Fortuna começou em um dia 29, durante o século IV. Quando um santo cristão chamado São Pantaleão vagava faminto por um vilarejo italiano a procura de um quente e gostoso prato de comida. Camuflado de andarilho, Pantaleão bateu na porta de uma das casas pedindo alimento. A família deixou o estranho entrar, mesmo desconfiada do sujeito e tendo pouca quantidade de comida para oferecer.

Leia Também:  MPF e SaferNet lançam plataforma para reportar fraudes eleitorais

A refeição rendeu exatas 7 unidades de nhoque para cada um dos presentes na mesa. Em troca da gentileza, o santo deixou uma lembrança aos anfitriões. Ao recolher os pratos, a família se deu conta da presença de muitas moedas de ouro embaixo de cada louça. Após rodar o mundo, a história se transformou no ritual que é celebrado em diversos países.

Serafina: Trevo do Santa Rosa – Cuiabá
Reservas: (65) 9676-8381/ (65) 3027-4027

Por: Assessoria de Imprensa

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ARTE & CULTURA

Curso vai ajudar gestores mato-grossenses a implementar o Sistema Municipal de Cultura

Publicados

em

Estão abertas até o dia 08 de março as inscrições para a capacitação online de Implementação do Sistema Municipal de Cultura. Aprovado no edital MT Nascentes da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT), o curso é direcionado a gestores municipais de cultura dos municípios mato-grossenses e terá início no dia 12 de março.

Com duração de cinco semanas, composta por quatro módulos mais uma semana de consultoria, o objetivo da capacitação é orientar os gestores públicos sobre a execução e implementação dos componentes do plano de trabalho do Sistema Municipal de Cultura. Cada município terá direito a duas vagas.

A base de ensino será focada na prática com conteúdos sobre a adesão ao acordo de cooperação federativa, cadastro na plataforma do Sistema Nacional de Cultura (SNC), legislações vigentes, fundos de financiamento à cultura e elaboração do Plano Municipal de Cultura, dentre outros. A capacitação contribuirá para a evolução das políticas de cultura do estado.

Segundo os dados publicados em fevereiro, somente 66 municípios de Mato Grosso efetuaram a adesão ao Sistema Nacional de Cultura.  Isso significa que 75 municípios ainda não implementaram políticas culturais sistematizadas e alinhadas aos sistemas estadual e federal de cultura.

Leia Também:  Projeto estabelece piso nacional para profissionais de enfermagem e parteiras

De acordo com a coordenadora do curso, Silvia Machado, a capacitação online se configura como uma grande oportunidade de aprendizagem para os gestores neste período de restrição à realização de eventos.

“É um momento que pode ser aproveitado para a implementação o Sistema Municipal de Cultura e assim concretizar o CPF da Cultura (Conselho, Plano e Fundo) em todo o estado. As políticas públicas asseguradas em legislação são fundamentais para a evolução contínua os diversos segmentos culturais do município”, defende Sílvia, que foi diretora de cultura do município de Juína  e possui formação e experiência no assunto.

Capacitação online de Implementação do Sistema Municipal de Cultura

Prazo para inscrição: 08 de março de 2021

Acesso ao formulário de inscrição: AQUI

Acesso ao regulamento de participação: AQUI

Mais informações: [email protected] | (66) 99206-4192

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA