Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

SAÚDE

Corpo Musical da Polícia Militar se apresenta no polo de vacinação da UFMT

Publicados

em

Sensação do momento em Mato Grosso, o Corpo Musical da Polícia Militar de Mato Grosso (PMMT) realizou uma apresentação ao vivo no polo de vacinação do campus da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), que funciona na modalidade drive-thru, na tarde do último sábado (11), levando alegria e descontração para quem trabalhava e para quem foi se vacinar.

A coordenadora do polo, a enfermeira Welignem Leite da Silva, foi quem solicitou a presença da banda, com o intuito de proporcionar aos colegas um momento de leveza durante a jornada de trabalho, que tem sido intensa nos últimos meses. “É gratificante! É um momento de distração, de prazer, para reconhecer o nosso trabalho porque nós trabalhamos no sol, na chuva, já trabalhamos até dez horas da noite, então, é um incentivo pra continuar com força”, afirma.

A técnica de enfermagem e vacinadora, Zirley Alves Nepomuceno, elogiou a iniciativa. “A gente trabalha bastante, a gente se dedica, estamos contribuindo com a imunização da população e essa homenagem que fizeram pra gente não tem preço! Estamos muito felizes mesmo! Essa homenagem foi muito boa, nos dá mais ânimo, o resto do dia fica feliz, dá um gás pra gente se dedicar mais ainda porque a gente faz o que gosta, então, a gente vai ficar bem mais animado para trabalhar nos outros dias”, comentou.

Leia Também:  Debate sobre delegacias da mulher integra eventos do Agosto Lilás

Para Júlio César Leme, que esteve no local para receber a vacina, o ambiente de vacinação se tornou ainda mais atrativo com a presença da banda da PM. “Eu achei excelente, até porque deixou o ambiente mais descontraído. Achei uma iniciativa muito boa, dá uma aliviada para quem está trabalhando e para quem vem vacinar. Quebra o gelo, se torna um ambiente mais atrativo”, disse.

Vocalista da banda, o soldado PM Felipe da Silva Leme explicou que desde o início da pandemia, com a restrição de eventos de tropa formada e cívico-militares, nos quais o Corpo Musical se apresentava, esta passou a se apresentar em hospitais, abrigos e demais lugares em que havia pacientes, no intuito de fazer o trabalho social da instituição. “Com o início da pandemia, a gente passou a tocar em hospitais, em abrigos com esse intuito de aliviar essa situação tensa em que o país e o mundo inteiro ficaram. É gratificante ver que a música é capaz de romper barreiras. No momento, a música tem sido capaz de unir a sociedade, de aliviar a tensão e o desespero causados por essa doença maligna. E também a capacidade que a música tem tido de aproximar a sociedade da Polícia Militar. Hoje temos mais de 100 mil seguidores nas redes sociais, isso mostra que a sociedade tem sido amiga da Polícia Militar, amiga da justiça no Brasil e que nós podemos, através da música, aproximar as instituições da sociedade brasileira”, afirma.

Leia Também:  TV AL transmite 12º edição de Arte e Cultura Mato Grosso

Além da alegria das canções, o soldado PM ainda deixou uma mensagem de esperança a todos: “Tenha fé em Deus, esse momento difícil vai passar e a Polícia Militar sempre estará presente, em tempo de paz, seja em tempo de guerra, junto à sociedade”.

VEJA:

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ARTE & CULTURA

Primeira-dama de MT participa de inauguração do ‘Núcleo Florescer’ do projeto Chita & Fuxico

Publicados

em

Neste sábado (25.09) aconteceu a inauguração do segundo núcleo de produção formal do Chita & Fuxico da BPW, que tem como embaixadora do projeto a primeira-dama do Estado, Virginia Mendes. O Núcleo Florecer foi instalado no instituição Seara de Luz, no bairro Liberdade, em Cuiabá.

O objetivo do núcleo é ser um espaço que receba mulheres em situação de vulnerabilidade social, para dar qualificação a elas através da costura, tendo como principais elementos a chita e o fuxico, gerando renda as assistidas. Outro objetivo também é fazer do projeto ‘Chita & Fuxico’ uma grife regional, com projeção para o mercado da moda em nível nacional e internacional. Esse é o segundo núcleo instalado, tendo como primeiro o Núcleo Flor Ribeirinha, localizado no Quintal da Domingas no bairro São Gonçalo Beira Rio.

“É gratificante receber esse projeto e sermos prestigiadas pela primeira-dama Virginia Mendes aqui no Seara de luz. Esse projeto ampara as mulheres em situação de vulnerabilidade social. É uma oportunidade de trabalho e de qualificação profissional de “ensinar a pescar”, e é isso que a gente quer, criar maneiras para que as pessoas caminhem com as suas próprias pernas e saiam da exclusão”, contou Elione Fátima, presidente da Seara de Luz.

Leia Também:  Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira prêmio acumulado em R$ 28 milhões

A inauguração de hoje uniu a força dos projetos Chita & Fuxico e a MT Mamma – Amigos do Peito, que já reforça a importância da Campanha Outubro Rosa 2021. Juntos, os dois projetos criaram a coleção ‘Mamma&Chita’, que traz uma edição limitada de camisetas e máscaras da campanha Outubro Rosa customizada pelas mulheres ribeirinhas assistidas pelo projeto. Essa união irá proporcionar renda em prol das pessoas em tratamento e pós-tratamento do câncer de mama e de mulheres ribeirinhas em situação de vulnerabilidade social, já que o valor arrecado na venda será dividido entre os dois projetos.

Durante a inauguração aconteceu o desfile da coleção ‘Mamma&Chita’ que mostrou a edição limitada das camisetas da MT Mamma customizadas. A primeira-dama de Mato Grosso abriu o desfile acompanhada por sua filha, Maria Luiza.

“A Virginia Mendes veio abrilhantar o nosso desfile, entrando com a sua filha Maria Luiza. Esse gesto reforça a importância dos dois projetos e fortalece as nossa ações”, disse Zilda Zompero, coordenadora da comissão de responsabilidade social da BPW.

“Estou muito feliz por fazer parte desses projetos! É a união de duas causas extremamente importantes que dá forças para as mulheres que lutam contra o câncer e também às mulheres que precisam de uma renda para manterem o seu lar. Me sinto honrada por estar aqui e poder contribuir com essas ações”, disse a primeira-dama de Mato Grosso.

Leia Também:  Fiocruz libera neste sábado distribuição de vacina aos estados

Para a diretora administrativa da MT Mamma, Margarete Torres é muito importante ter o apoio da primeira-dama Virginia Mendes na união desses ações. “A primeira-dama representa todas as mulheres do Estado, para nós é uma honra termos o apoio dela nesse projeto, porque ela sabe a importância da causa social e da ajuda ao próximo. É uma mulher que faz a diferença, que é voluntária e que faz realmente as coisas acontecerem. A Virginia Mendes tem o poder de sensibilizar as pessoas e isso é muito importante para as causas sociais”, ressaltou Margarete.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA