Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

PESOS E MEDIDAS

Servidores do Ipem-MT participam de treinamento sobre umidade de grãos

Publicados

em

Servidores do Instituto de Pesos e Medidas de Mato Grosso (Ipem-MT) começaram nesta um treinamento para utilização de medidores de umidade de grãos. A preparação tem como objetivo dar segurança nas negociações entre produtores rurais e empresas em relação à classificação de grãos, aplicando os parâmetros e procedimentos indicados pela legislação vigente.

De acordo com o presidente do Ipem-MT, Bento Bezerra, o treinamento dará subsídios para os técnicos exercerem as classificações conforme demanda dos produtores rurais de Mato Grosso. “Estamos realizando uma parceria com a Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) e adquirindo mais conhecimento para dar vazão à esta demanda importante no Estado”.

A definição do teor de umidade nos grãos é fator primordial no momento da comercialização. Por isso, os medidores de umidade devem seguir as normas do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro)

O curso está sendo ministrado por Celso Antônio Claser, servidor do Ipem do Paraná e ocorre até sexta-feira (20). No primeiro dia, os servidores tiveram acessos a mais informações sobre a classificação de grãos, como é realizada em diversos ambientes e armazenagens. Também irão participar de aulas práticas em empresas.

Leia Também:  Municípios serão obrigados a realizar exames para diagnóstico de câncer de mama
Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Agronegócio

Soja brasileira vai ter safra excepcional

Publicados

em

O Brasil tem potencial para superar a produção de soja dos Estados Unidos na safra 20/21. É isso que aponta um estudo feito pelo Sistema Tempocampo, elaborado pela Esalq/USP.

O boletim Outlook Nacional da Soja, publicado quinzenalmente, destaca que mesmo com condições climáticas desfavoráveis no começo da semeadura e a chegada tardia das chuvas, as previsões são mais favoráveis que na safra anterior.

A semeadura ocorre dentro de janelas que oferecem menor risco às lavouras o que contribui para um cenário mais favorável, principalmente na Região Sul, onde ganhos superiores a 8% podem ocorrer apesar da estiagem atual. Também há expectativa para bons resultados em Mato Grosso do Sul, Centro-Oeste Paulista e partes do Mato Grosso, Goiás e Matopiba. Mas nem todas regiões terão o mesmo resultado positivo. A região da divisa entre Bahia, Goiás e  Minas  Gerais,  bem  como  as  Regiões  Norte  e  Noroeste do Mato Grosso podem sofrer perdas de até 4%.

De acordo com o boletim a produtividade média brasileira de soja poderá variar entre 3,48 e 3,65 toneladas/ha, considerando os cenários pessimista e otimista, respectivamente. Em uma visão pessimista o país deve colher 129,1 milhões de toneladas de soja e em uma visão otimista devem ser 135,6 milhões de toneladas.

Leia Também:  Reinventada, Mostra de Cinema vai apresentar 198 filmes de 71 países

O USDA também aponta que o Brasil alcançará na safra 20/21 a produção de 133 milhões de toneladas de soja, superando a produção da safra 19/20 em 7 milhões de toneladas.

Por: AGROLINK –Eliza Maliszewski

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA