Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

AGRICULTURA FAMILIAR

Secretaria inicia autodeclaração para titulação do Assentamento Ipê

Publicados

em

A Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente de Vila Rica, em parceira com o INCRA, realiza entre os dias 10 e 14 de agosto o preencherem auto declaração para titulação do Projeto de Assentamento Ipê. Um trabalho que começou no ano de 2018 e com empenho e dedicação do Secretário Rafael Gallo e apoio do Prefeito Abmael Borges hoje os produtores irão receber o tão sonhado título de domínio de suas terras.

O trabalho de preenchimento do auto declaração está acontecendo no pátio da secretaria de Agricultura e Meio Ambiente e devido o Covid-19, todos então sendo atendidos dentro das normais dos decretos estadual e municipal visando a segurança dos produtores. O atendimento é das 07h30min às 11h30min e das 13h30min às 17h30min.

Vale ressaltar a contribuição do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais que deram total apoio ao governo municipal no decorrer de todo processo desde as vistorias nos Projetos de Assentamento que tem como atual precidente o senhor Azenir Murare.

DOCUMENTOS OBRIGATÓRIOS PARA TITULAÇÃO

CÓPIA DO RG

Leia Também:  Inscrições para curso online ao tênis de mesa entra nos últimos dias

CÓPIA DO CPF

CÓPIA CERTIDÃO DE NASCIMENTO (SOLTEIRO)

CÓPIA CERTIDÃO DE CASAMENTO (CASADO)

CÓPIA COMPROVANTE DE ENDEREÇO

RELAÇÃO GADO INDEA ATUALIZADO

CÓPIA DE NOTA FISCAL DE ENTRADA E SAÍDA

DOCUMENTOS OBRIGATÓRIOS PARA HOMOLOGAÇÃO

CÓPIA DO RG

CÓPIA DO CPF

CÓPIA CERTIDÃO DE NASCIMENTO (SOLTEIRO)

CÓPIA CERTIDÃO DE CASAMENTO (CASADO)

CÓPIA COMPROVANTE DE ENDEREÇO

RELAÇÃO GADO INDEA ATUALIZADO

CÓPIA DE NOTA FISCAL DE ENTRADA E SAÍDA

DECLARAÇÃO DE DESISTÊNCIA DE 2014 PARA TRÁS

E para os aos produtores que não apareceram na lista dos aptos a titular devem estar procurando a Secretaria de Agricultura o quanto antes. E os trabalhadores rurais dos Projetos de Assentamentos Colônia Bom Jesus, Aracati, São Gabriel e Alvorada devem procurar a secretaria entre os dias 17 a 24 de agosto.

Informamos também que todos deverão levar nota fiscal de vacina, nota de compra e venda e saldo do gado no INDEA todos atualizados, trazer também cópias dos documentos pessoais.

Maiores informações na Secretaria de Agricultura no fone: 3554-2259.

Leia Também:  Governo do Estado inicia avaliações ambulatoriais para captação de doação de rim
Fonte: AMM

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Agronegócio

Cotações de milho voltam a recuar

Publicados

em

O mercado de milho na B3 de São Paulo fechou em queda generalizada, por tomada de lucros natural depois de quatro sessões seguidas de alta, segundo informações divulgadas pela TF Agroeconômica. “Com isto, a cotação de março fechou em queda de R$ 0,64 no dia, mas alta de R$ 1,62 na semana a R$ 88,28; a de maio recuou R$ 0,48 no dia, mas avançou R$ 2,62 na semana para  R$ 88,58 e a de julho recuou R$ 0,54 no dia, mas avançou R$ 3,26 na semana para R$ 83,35”, comenta.

“Este recuo natural de tomada de lucros pelos investidores não retirou o viés de alta do aspecto fundamental do milho a médio e longo prazos. Mesmo com o aumento da disponibilidade nos estados do Sul, com a colheita da safra de verão e dos washouts feitos com alguns lotes de exportação do RS, que estão fazendo as cotações andarem de lado em fevereiro. O único movimento contrário é o próprio nível do preço, que começa a fincar insustentável para os consumidores finais, principalmente de ovos e leite, que não podem repassar os ganhos cambiais das carnes.”, completa.

Leia Também:  Soja brasileira vai ter safra excepcional

Já o milho em Chicago teve variações mistas. “No Brasil, o plantio de Safrinha estaria avançando, mas com atrasos em Mato Grosso. As tarefas teriam coberto 54% contra 80% da média nas campanhas recentes. A China teria como objetivo elevar a área semeada, mas dificilmente conseguiria reverter o déficit interno. Os Fundos estariam desarmando posições novamente”, indica.

“No fechamento, o contrato de março estava mudando de mãos a $ 5,522/bu, queda de $ 0,024/bu no dia, com o contrato de maio sendo negociado a $ 5,44/bu, queda de $ 0,056/bu. Sem avisos de vendas de exportação para pontuar o final da semana nos EUA, e com a valorização do dólar prejudicando ainda mais as novas esperanças de exportação dos EUA, os Fundos procuraram vender mais”, conclui.

 AGROLINK –Leonardo Gottems

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA