Acesse outros veículos da Rede de Mídias!

Agronegócio

Agronegócio lidera emprego com atividades relacionadas à soja e laranja

Publicados

em

Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) mostram que a contratação de 17.455 novos empregados pelo agronegócio foi liderada por atividades relacionadas à soja e laranja. Segundo dados do Ministério do Trabalho, o segmento da soja contratou 2.946 pessoas, sendo 1.722 empregados em Mato Grosso e 771 em Goiás. Já a laranja terminou o mês com 1.380 novos cargos, sendo a maioria absoluta em São Paulo (1.347 postos).

Em outro recorte, o Caged informa que as atividades de apoio à agricultura terminaram com 7.328 novos empregados em julho, especialmente em São Paulo (5.474) e Minas Gerais (859).

Entre as outras atividades do setor agropecuário, o cultivo em lavouras temporárias registrou 5.780 postos de trabalho, especialmente São Paulo (2.529) e Minas Gerais (1.571).

Ainda no detalhamento por setor, os serviços geraram saldo líquido de 14.548 postos de trabalho. Nesse caso, destaque positivo para o segmento de comercialização de imóveis e valores mobiliários, serviços médicos, transportes e telecomunicações.

A construção civil também terminou o mês com mais de 10 mil novos empregos, especialmente na construção de edifícios e obras para energia elétrica, telecomunicações e rodovias.

Leia Também:  Projeto anula medida da ANP que reduziu percentual de biodiesel no diesel

Por outro lado, o comércio fechou 249 empregos. Em 2018, o varejo demitiu em seis dos sete meses.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Agronegócio

MT: pesquisa atualiza dados da safra de grãos e fibras no estado

Publicados

em

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a partir desta semana, começa a levantar as informações que irão atualizar os números da safra de grãos e fibras do estado de Mato Grosso para o 1º Levantamento a ser divulgado pela Companhia, em âmbito nacional, no dia 8 de outubro próximo. Em função do afastamento social imposto pela COVID-19, todo o trabalho de coleta das informações será realizado remotamente, com apoio da rede de informantes.

Serão ouvidos analistas, escritórios que prestam serviços de assessoria técnica, produtores e revendas de insumos, entre outros. O objetivo é a sondagem de informações sobre as questões fitotécnicas e de mercado que influenciam a produção tais como área plantada, perspectivas de produtividade, influência climática, ataque de pragas e doenças, colheita, comercialização e demais dados relativos às culturas examinadas.

A pesquisa vai analisar o cenário atual das culturas de milho, soja, feijão, algodão, girassol, gergelim, mamona e arroz com foco na semeadura da safra 2020/2021 e a colheita e  comercialização das safras 2019/20 e 2020/21. As informações serão colhidas em 77 municípios mato-grossenses que detém expressiva produção de grãos. Durante a realização dos trabalhos será possível também, avaliar o percentual de área semeada com soja, condições climáticas e estimar a área que será destinada a outras culturas de valor econômico no estado.

Leia Também:  Gincana estudantil encerra ciclo de atividades do mês do consumidor

CONAB – COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

vídeo publicitário

POLÍTICA

POLÍCIA

AGRONEGÓCIO

ECONOMIA

GERAL

MAIS LIDAS DA SEMANA