Pesquisa vai fazer varredura e diagnóstico sobre MT e Brasil da corrupção

0
78

Por Jonas da Silva

A direção do site e revista 3 Poderes fechou contrato com o PENSAR BRASIL Instituto de Cidadania e Estudos Avançados para realizar pesquisas a fim de elaborar o mais completo diagnóstico da política de Mato Grosso e do Brasil.

A empreitada será feita nos 26 Estados e Distrito Federal (DF) e vai se iniciar pelo Estado, Rio de Janeiro,  Minas Gerais e São Paulo. Locais de maiores investigações sobre desvios de dinheiro público e corrupção generalizada, informa o diretor-presidente e publisher do grupo Rede de Mídias Brasil (inclui o site e revista RDM), publicitário e advogado João Pedro Marques. Ele diz que o contrato para o trabalho de campo foi firmado na quarta-feira em Brasília.

Em Mato Grosso, o levantamento será realizado em todas as regiões do Estado a partir da entrevista com a opinião pública, com todos os estratos sociais, segundo regras e parâmetros científicos de pesquisas. E vai abranger questões relacionadas à administração pública, no que diz respeito ao grau de satisfação dos cidadãos mato-grossenses com a gestão Pedro Taques (PSDB), o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (PMDB) e demais prefeitos do Estado.

Será abordada ainda na pesquisa temas como: em quem o eleitor votou na eleição passada; se repetiria o seu voto no mesmo candidato. Saber qual a influência dos prefeitos na eleição para que o eleitor do município avalie quem ele vier a apoiar em 2018.

Prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB), presidente da ALMT, deputado Eduardo Botelho (PSB) e o governador Pedro Taques (PSDB) estão sob pressão. Imagem: Montagem Widson Maradona/Rede de Mídas Brasil

A pesquisa vai escutar os  mato-grossenses para saber a insatisfação deles quanto aos protagonistas dos escândalos de corrupção recentes do Estado. Haverá ainda pesquisa sobre a bancada federal de Mato Grosso em Brasília.

“Será uma pesquisa das mais extensas já realizadas em Mato Grosso. Tudo por faixa etária, grau de instrução e credo que a pessoa pratique. Teremos um diagnóstico político completíssimo sobre a gestão pública, a ética e a moralidade no serviço público, como nunca antes já visto”, afirma João Pedro Marques.

Intenção de voto

A pesquisa vai procurar ouvir também na modalidade espontânea e estimulada a intenção de voto para presidente da República e governador. Além de buscar avaliação sobre o grau de satisfação dos eleitores com os poderes constituídos do Estado de Mato Grosso (Executivo-Legislativo-Judiciário).

O levantamento de opinião pública vai buscar a avaliação dos cidadãos referente às instituições. Tais como, Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT), Ministério Público do Estado, Polícia Judiciária Civil, Polícia Militar, Ministério Público Federal, Ministério Público Estadual, Justiça Federal, Polícia Federal, PolÍcia Rodoviária Federal, Exército Brasileiro e Assembleia Legislativa.