Professora é morta estrangulada em aula de catequese no RS

0
66
© Reprodução/Facebook Elaine Maria Tretto, de 51 anos, foi encontrada morta no banheiro da capela onde dava aulas de catequese para adultos
© Reprodução/Facebook Elaine Maria Tretto, de 51 anos, foi encontrada morta no banheiro da capela onde dava aulas de catequese para adultos

Uma professora foi agredida e morta por estrangulamento após ser retirada à força da aula de catequese que ministrava em uma capela no município de Estância Velha, no Rio Grande do Sul, na noite desta quinta-feira, 31. Elaine Maria Tretto, de 51 anos, era pedagoga aposentada, ex-diretora de uma escola pública de Ensino Infantil da cidade, que fica a cerca de 50 quilômetros de Porto Alegre. Ela dava aulas de Ensino Religioso para adultos da comunidade no bairro Nova Estância.

Conforme a Brigada Militar (BM), dois homens que usavam capacetes invadiram a sala por volta das 19h30 e levaram Elaine até um banheiro, onde a espancaram e assassinaram. Um terceiro criminoso, que também cobria o rosto, manteve três alunas sob a mira de uma arma na sala de aula. Os homens fugiram do local deixando o corpo da professora e não foram localizados até o momento.

A Capela Nossa Senhora Auxiliadora foi isolada e a perícia trabalha no local durante a madrugada desta sexta-feira, 1º. Em estado de choque, as alunas foram levadas até a delegacia de Estância Velha, onde devem ser ouvidas nas próximas horas. A polícia não divulgou suspeitas sobre a motivação do crime até o momento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here