Jonas da Silva
Redação

O Brasil e a Amazônia Legal precisam priorizar o combate ao narcotráfico, o “grande problema” para os governos. O pedido foi feito pelo governador do Acre, Tião Viana (PT) no encerramento do Fórum de Governadores da Amazônia Legal nesta sexta-feira (10), em Cuiabá. O tema foi um dos principais pontos tidos como urgência firmados no documento final do encerramento do encontro, a Carta de Cuiabá.

Para fazer a interligação entre os Estados da Amazônia, o governo de Mato Grosso vai ceder sua experiência em um sistema de controle e integração de forças de segurança, por um sistema de inteligência, o S3I , como informa o secretário de Segurança Pública do Estado, delegado Rogers Jarbas.

Os secretários dos governos da região e os governadores também firmaram como prioridades questões relacionadas ao controle do meio ambiente assuntos como unificação das políticas de comunicação.

Além dos governadores da Amazônia, participaram da reunião o ministro conselheiro da Embaixada da Argentina, Leopoldo Sahores, e a embaixadora do Emirados Árabes Unidos,  Hafsa Abdulla. O anfitrião, governador Pedro Taques (PSDB), afirmou que a presença da embaixadora é resultado da sua visita ao país ano passado.

No Banner to display

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>