O Centro de Exploração Espacial da Universidade de Chongqing (sul da China) iniciou um projeto que pretende iniciar o cultivo de batata na Lua já no próximo ano. Batizada de “Chang’e 4”, a missão será completada através de uma sonda que pousará na face oculta carregando um habitat de 3 quilos com brotos de batatas, sementes da flor Arabidopsis thaliana e ainda ovos de bichos da seda.

Crédito: G1

Crédito: G1

O engenheiro pesquisador do Centro de Exploração Espacial Zhang Yuanxun é que está conduzindo os experimentos que pretendem criar  “mini ecossistema na superfície lunar”. De acordo com ele, o recipiente (de 18 por 16 cm) manterá a umidade e temperatura adequadas para cada forma de vida. “A iluminação natural da Lua também será levada para o habitat através de tubos de luz, para ajudar no crescimento das plantas em seu interior”, disse ele.

Xie Gengxin, designer-chefe do projeto e vice-diretora do Centro, revela que a germinação e florescimento das plantas, bem como a incubação dos ovos de bicho da seda, serão transmitidas ao vivo para o mundo todo usando câmeras dentro da cápsula. O objetivo é verificar se as batatas podem crescer e os insetos conseguem sobreviver na Lua.

De acordo com a Academia de Ciências da China, este será um passo importante para estabelecer uma colônia humana totalmente operacional em Marte. O projeto agrega ideias de cientistas e pesquisadores de 28 universidades chinesas, que estão trabalhando na projeção do hardware necessário para realização dos diversos testes. Além disso, cientistas das áreas de biologia, telecomunicações, engenharia, materiais, aeronáutica e astronáutica de todo o país asiáticos estão envolvidos no projeto.

Crédito: AGRO LINK
Banner final post

Powered by WP Bannerize

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>